• Meu perfil

    angelanatel

    angelanatel

    Escritora, professora, tradutora, linguista e teóloga, há vinte anos envolvida no trabalho voluntário de produção de material e ensino tanto no Brasil quanto em Moçambique. Licenciada em Letras - Português-Inglês pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUC/PR. Bacharel em Teologia pela Faculdade Fidelis, Curitiba/PR. Mestre em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUC/PR. Associada à ABIB – Associação Brasileira de Pesquisa Bíblica e participante da AHDig – Associação das Humanidades Digitais. Promove debates em blogs e reuniões informais além de ministrar aulas particulares de português, hebraico e inglês, cursos livres nas áreas de linguística, tradução, teologia e missiologia, e efetuar correções de textos em português. Mantém-se escrevendo, tanto em verso quanto em prosa, ligada ao teatro e à pintura, com o desejo de prosseguir em suas pesquisas (doutorado e aulas nas áreas de educação, teologia e letras) e trabalhos interculturais. Livros produzidos: http://pt.slideshare.net/eetown/teologia-em-poesia-de-angela-natel http://pt.slideshare.net/eetown/a-toca-da-tuca-de-angela-natel http://pt.slideshare.net/eetown/poemas-do-espelho-uma-autobiografia-de-angela-natel http://pt.slideshare.net/eetown/poesia-o-amor-e-onde-ele-acontece-de-angela-natel http://pt.slideshare.net/eetown/percepes-de-angela-natel Produção disponível em https://independent.academia.edu/AngelaNatel Banco do Brasil Agência 2823-1 C/C: 40006-8 Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/7903250329441047 Livros produzidos: http://pt.slideshare.net/eetown/teologia-em-poesia-de-angela-natel http://pt.slideshare.net/eetown/a-toca-da-tuca-de-angela-natel http://pt.slideshare.net/eetown/poemas-do-espelho-uma-autobiografia-de-angela-natel http://pt.slideshare.net/eetown/poesia-o-amor-e-onde-ele-acontece-de-angela-natel Editoria Online do Jornal: Direitos Humanos em Foco https://paper.li/f-1406058022 http://pt.slideshare.net/eetown/percepes-de-angela-natel Produção disponível em https://pucpr-br.academia.edu/AngelaNatel Outras redes: Twitter: @AngelNN http://www.pinterest.com/angelanatel/ http://www.skoob.com.br/usuario/902792 https://www.youtube.com/user/angelanatel http://vimeo.com/angelanatel007 http://www.linkedin.com/pub/angela-natel/65/296/58 http://www.babelcube.com/user/angela-natel Endereço para correspondência: Rua Francisco Derosso, 2560 - lojas 4 e 6 Caixa Postal 21016 - Xaxim - Curitiba - PR 81720-981 Banco do Brasil Agência 2823-1 C/C: 40006-8

    Visualizar Perfil Completo →

  • Follow Angela Natel on WordPress.com

Mitologia Grega: o Mito de Procusto e a intolerância humana

De volta à Mitologia. Estive lendo sobre a história do personagem Procusto um bandido gigante que armava uma arapuca para seus “visitantes”, em sua casa tinha uma cama feita de ferro, que tinha exatamente a sua medida.  Os viajantes que passavam pela serra de Elêusis eram “convidados” a se deitarem na cama de Procusto.
Cama-de-Procusto

O bandido, então, amarrava a sua vítima  naquela cama. Se a pessoa fosse maior do que a cama, ele simplesmente cortava fora o que sobrava. Se fosse menor, ele a espichava e esticava até caber naquela medida.

Procusto significa “o esticador”, em referência ao castigo que aplicava às suas vítimas. A mesma personagem é às vezes referida como Polipémon ou Damastes.

Impossível não se perceber a analogia do mito. Ele representa claramente a intolerância do homem em relação ao outro. Quantas vezes o espírito de Procusto apareceu na história da humanidade? Ele esteve presente no massacre que os Europeus praticaram contra os habitantes do continente americano. Esteve presente na crueldade da escravidão negra. No absurdo do holocausto. Onde o ser humano por se achar superior ao outro, por considerar  que o outro na cabe nas suas medidas resolve subjugá-lo, enquadrá-lo, civilizá-lo…

Em toda a história da humanidade o homem intolerante tentou enquadrar em seus padrões de comportamento todos os considerados diferentes. Não poucas vezes ele usou a figura e o nome de Deus para fazer o “enquadramento”. Foi assim na inquisição e na caça as bruxas. E tem sido assim nos dias atuais, infelizmente.

A deusa Atena incomodada pelo clamor das vítimas de Procusto vai procurar o malfeitor e tenta convencê-lo a mudar de atitude, mas fica estarrecida quando ele argumentou que estava fazendo o correto, pois sua cama estava apenas fazendo justiça acabando com as diferenças entre os homens. Mas, não é a diversidade uma característica de homens e mulheres?  Então,  por que insistir em obrigar homens e mulheres a viverem segundo os mesmo padrões e ideais, forçando-os a ajustar suas vidas aos conceitos pré-estabelecidos? Fazendo isso em nome de Deus. E, em nome de fazê-los felizes.

O gigante bandido e intolerante da mitologia grega está sempre à solta em nosso mundo. Seu espírito aparece sempre que o homem mutila o outro, senão fisicamente, mas psicologicamente, quando este não se enquadra em seus padrões estabelecidos.

Infelizmente, não poucas vezes, a escola também tem sua cama de Procusto. E nela alunos, “diferentes”, têm sido mutilados em suas características em nome do padrão social. Para caberem na cama escolar são podados em suas almas. Não é isso que fazemos quando temos uma única forma de avaliar uma turma de 30 alunos? Quando os medimos da mesma forma? Não estaria o insucesso dos alunos, o alto índice de reprovação e evasão ligado a essa tentativa de enquadrá-los nos padrões. Não deveria a escola procurar uma forma de conviver com os mais diferentes  “tipos” de pessoas que formam o mosaico escolar? Mesmo, que para tanto, se precisem quebrar paradigmas educacionais. E termos um novo olhar, ou melhor, “olhares”, a pessoa de nosso(a) aluno(a).

O monstro mitológico  teve o mesmo fim de suas vítimas. Foi capturado pelo herói Teseu. Que o amarrou em sua própria cama cortando- lhe a cabeça e os pés.

Enquanto isso, a humanidade ainda luta para “matar” o monstro da intolerância que fez e faz muitos estragos em nossa sociedade.

 

fonte: http://www.profjuliososa.com.br/2013/04/mitologia-grega-o-mito-de-procusto-e.html

Muito obrigada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: